Federer também deve falhar Wimbledon

18 novembro 2021 13:34:04 EET

Roger Federer tem o sonho de voltar a uma final de um Grand Slam, mas adianta que não parece provável que vá marcar presença em Wimbledon em 2022.

O experiente suíço já confirmou que vai falhar o Open da Austrália em Janeiro, evento que Novak Djokovic tem 2.50 de odds para vencer e Daniil Medvedev tem 2.50.

Federer chegou aos quartos-de-final em Wimbledon este ano, onde perdeu contra Hubert Hurkacz, mas não disputou qualquer encontro competitivo desde então dado que foi operado a um joelho.

O tenista de 40 anos venceu o seu primeiro Grand Slam precisamente nos courts de relva em Londres em 2003. Desde então somou um total de 20 títulos em majors, um recorde que ele detém em conjunto com os grandes rivais Novak Djokovic e Rafael Nadal.

Nadal espera estar recuperado para o Major de Melbourne em Janeiro, numa altura em que tenta debelar uma lesão num pé. O russo Medvedev, que bateu Djokovic na final do Open dos Estados Unidos, é outro sério candidato a vencer na Austrália.

Federer chegou às meias-finais no Open da Austrália em 2020, com a sua última presença numa final de um Grand Slam a datar de 2019 em Wimbledon.