Raducanu faz história em Nova Iorque

12 setembro 2021 13:55:58 EET

Emma Raducanu terminou 44 anos de espera da Grã-Bretanha por uma campeã de um Grand Slam em singulares femininos.

A britânica de 18 anos bateu Leylah Fernandez por 2-0 em sets na final do Open dos Estados Unidos.

Raducanu mostrou uma calma impressionante ao bater a canadiana de 19 anos com os parciais de 6-4 e 6-3, tornando-se numa das favoritas para vencer o Open da Austrália em Janeiro de 2022, com 26.00 de odds.

O encontro foi emocionante, mas a tenista britânica respondeu de forma superior a todos os momentos de adversidade, isto apesar de estar a disputar apenas o seu segundo Grand Slam.

Ela tornou-se também na primeira tenista a vencer um major depois de ter passado pela fase de qualificação e fê-lo sem perder qualquer set.

Raducanu sofreu um pequeno incidente ao escorregar e fazer um corte na sua perna, mas acabou por recuperar depois de ser assistida pelo médico, fechando depois o encontro em grande estilo com um ás.

"Levantar este troféu tem um significado enorme e não o quero largar tão cedo", disse a britânica aos jornalistas.

"Sempre sonhei vencer um Grand Slam. É algo que se diz sempre. Mas acreditar como eu acreditei e conseguir vencer, é difícil de acreditar".

Apostas de Ténis